Executiva da Disney lamenta morte em resort

Por Silvio Cioffi

Em entrevista a este blog da Folha, a executiva Lynn Clark, vice-presidente da Disney, comentou a morte de um menino de dois anos que, aparentemente, foi morto por um aligátor, o jacaré americano, no lago de um resort da Walt Disney World, na Flórida (EUA).

O corpo da crian√ßa foi encontrado na √ļltima quarta-feira (15) e, de acordo com relatos, esse teria sido o primeiro ataque com morte acontecido na Disney em seus 45 anos.

“N√£o existem palavras que expressem o nosso mais profundo pesar. Foi um acidente tr√°gico e estamos fazendo tudo para prestar nosso total apoio aa fam√≠lia neste momento”, declarou ela a este blogueiro durante o evento de turismo IPW16, que, neste ano, acontece em Nova Orleans (Luisiania).

Lynn Clark assumiu a vice-presidência da divisão de vendas do setor de turismo da Disney em 2014. E, em abril deste ano, se tornou a vice-presidente internacional de marketing e vendas da empresa.

No in√≠cio de sua carreira, ela atuou na ind√ļstria de cruzeiros e, por conta disso, viajou por v√°rios destinos mundo afora.

Na Disney h√° 20 anos, a executiva trabalhou em v√°rios segmentos da ind√ļstria do turismo: cuidou de vendas, do “trade” (que √© como o setor de viagens identifica a si mesmo) e do consumidor final.

Formada em Artes pela Universidade do Colorado, Lynn nasceu em Portland (Oregon), cresceu em Dallas (Texas) e tem especialização em francês e em espanhol.

Atualmente, mora na Califórnia, onde o conglomerado de megaparques temáticos, turismo e entretenimento criado pelo empresário Walt Disney (1901-1966) tem seus principais centros de engenharia e gerenciamento.

Leia a seguir os principais trechos de sua entrevista exclusiva em que ela comenta também o atentado na boate Pulse, em Orlando, e menciona planos do grupo.

Lynn Clark[1]
Lynn Clark, vice-presidente da Disney (foto Divulgação)

TRAG√ČDIA NA DISNEY

“Em nome de todos na Disney, n√≥s sentimos profundamente o ocorrido. Foi um tr√°gico acidente e estamos fazendo tudo para prestar total apoio √Ę familia nesse momento t√£o dif√≠cil.”

ATENTADO EM ORLANDO

Estamos todos devastados com os acontecimentos que vitimaram 49 pessoas inocentes na boate Pulse, em Orlando, no dia 12 deste mês.

A comunidade está unida e oferencendo todo apoio possível para as famílias e amigos que tanto sofrem com essa tragédia.

A Walt Disney Company fez uma doação de 1 milhão de dólares em espécie para o OneOrlando Fund, estabelecido pelo prefeito de Orlando.

IPWs

O IPW, o grande evento da ind√ļstria do turismo norte-americano, que neste ano, na vers√£o IPW16 acontece em Nova Orleans, na Luisiania, √© um show muito interessante e produtivo em que eu tive a chance de participar nos √ļltimos seis anos

PLANEJANDO O FUTURO

O Walt Disney World, parque tem√°tico localizado em Orlando (Fl√≥rida), continua crescendo e desenvolvendo novos projetos, como por exemplo uma √°rea cujos temas s√£o “Star Wars” e “Toy Story”, no Hollywood Studios, e “Avatar”, no Animal Kingdom.

J√° no setor de cruzeiros, a Disney Cruise Line tem planos de construir dois novos navios a serem entregues em 2021 e 2023, respectivamente.

E também teremos novidades no Disney Wonder para 2017, com novos espaçcos para crianças e um restaurante com jazz, para antecipar dois novos empreendimentos.

DESTINOS TUR√ćSTICOS

Pessoalmente, acho difícil responder sobre minhas preferências quando o assunto é viajar.

Existem tantos destinos maravilhosos, que fica complicado escolher.

Nos EUA, os Estados do Havaí e do Alasca são incríveis.

Nesse momento, estou ansiosa para visitar o Brasil –e estou planejando uma visita para muito breve.

Já ouvi coisas fantásticas sobre o seu país!

BRASIL EM CRISE

Para a Disney, o Brasil continua a ser um dos mercados internacionais mais importantes.

Reconhecemos as dificuldades econ√īmicas do pa√≠s, mas mesmo com tantos desafios, o seu pa√≠s continua a ser o maior mercado da Am√©rica Latina.

Com tantas novidades nos parques Disney, esperamos sempre ver os brasileiros visitando e se divertindo nos nossos parques.

CHINA EM ALTA

Ficamos muito honrados em receber tantos visitantes chineses.

√Č um mercado enorme e com um potencial incr√≠vel.

Tanto no Walt Disney World, em Orlando, quanto na Disneyl√Ęndia, na Calif√≥rnia, buscamos atender muito bem todos os visitantes de todos os pa√≠ses do mundo, levando em conta tamb√©m as diferentes origens.

Sempre, todos os mercados internacionais s√£o muito importantes para Disney. E continuamos a trabalhar de modo incans√°vel com cada um deles individualmente.”